sábado, 14 de maio de 2011

CINCO SENTIDOS - TANNER MENEZES




Primeiramente gostaria de dizer que os romances não fazem o meu estilo e gênero de leitura. Prefiro coisas sobrenaturais. Histórias que têm um ponto G, digamos assim. Por isso, adiei a leitura do "Cinco Sentidos", por se tratar de um romance. O escritor, um amigo, me presenteou com a obra  e então comecei a leitura.
Foi quando eu me surpreendi. Apesar de não ser o meu tipo favorito de leitura, eu me envolvi na história.
A história possui uma originalidade incrível em partes. A parte que mais me atraiu, foi por citar e ter como tema, também, a cidade de Boa Vista-RR. E claro, a cidade maravilhosa do Rio de Janeiro-RJ que é praxe nas histórias brasileiras e internacionais. Se há algum lugar no Brasil que é citado em histórias, é o RIO. Portanto, fiquei muito satisfeito de poder ver Boa Vista como tema de um romance tão bem desenvolvido.

Em relação aos personagens, eu fiquei bastante admirado quanto a originalidade de cada um, e também da importância de cada um ao longo da história. São todos muito bem desenvolvidos, e de uma personalidade única.
Não sei se é de total verdade, e gostaria que o autor pudesse me responder aqui para todos saberem também. Eu notei que a história é contada e desenvolvida por si mesma, como se fossem sendo escritas as palavras e liberando a imaginação do autor juntamente com o que é escrito. Em determinada parte da história percebe-se uma sutil mudança  em relação a quem será o casal número um, os protagonistas desse romance.

Também fiquei surpreso com um trecho em que o autor faz uma crítica à violência do Rio de Janeiro, porque geralmente somente o bom e bonito Rio é mostrado ao mundo. Excelente tocar nessa questão. Meus elogios ao autor.

Ao longo da história só me entristeci ao notar uns erros ortográficos, que sob o meu ponto de vista é de responsabilidade principal da editora, que não revisou devidamente. Alias, ouso dizer que os editores podem ter se envolvido na história e isso pode ter passado despercebido.. (risos)

O final é o grande check mate do autor. É surpreendente e a história sofre uma reviravolta que me deixou sem palavras. Apenas lendo para entender o que quero dizer.

Recomendo.

Reações:

4 comentários:

  1. a debora qnd surgiu ia ser somente mais uma conquista mas ela me conquistou
    engraçado ne?
    ai eu quis dar a ela uma maior participação
    e como n tenho roteiro, ela foi fazendo a sua propria historia... entao vc tem razão. Meus personagens têm vida prúpria, e se me conquistam, tem um destino mais feliz...kekke

    ResponderExcluir
  2. Pude observar. Dar a essa personagem essa importância que foi dada a ela, foi um golpe de mestre. Parabéns.

    ResponderExcluir
  3. kkkkkk é verdade Arthur que você disse:é praxe termos a CIDADE MARAVILHOSA como palco de um romance seja ele Brasileiro ou estrangeiro.
    Nossa por ser romance e ter como a cidade de Boa Vista sendo descrita no livro,me deixou curiosa para lê-lo.
    Acho que irei gostar desse livro....
    Beijos!

    ResponderExcluir